quarta-feira, maio 11, 2022

88 PALAVRAS para CONTAR uma HISTÓRIA de MUDANÇA | Desafio de Escrita Criativa | 2022

 

Fotografia de M. Wilson


Recentemente, num longo artigo publicado no jornal Expresso e assinado pela jornalista Carla Tomás, podia ler-se que o planeta Terra enfrenta desafios nunca vistos, não restando dúvidas de que as alterações climáticas são “inequívocas”, segundo o mais recente relatório do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas. 


Este relatório indica que lugares onde as pessoas vivem e trabalham podem deixar de existir e que ecossistemas e espécies com os quais crescemos podem desaparecer. O mundo que conhecemos não será o mesmo daqui a 10 ou 20 anos… 


E nós, seres humanos? Estaremos dispostos a mudar?...


Inspirada pela leitura desse texto (entre tantos outros) e sabendo bem que as ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS são um grave problema que nos afeta a todos e a todos deve interessar, a equipa da Biblioteca Escolar decidiu, este ano, propor um novo DESAFIO de ESCRITA CRIATIVA



Esse desafio consiste em ESCREVER uma HISTÓRIA de MUDANÇA, com as seguintes características:


- o texto deverá conter rigorosamente 88 palavras (nem mais uma nem menos uma!);


- “ÁGUA” deverá ser a primeira palavra do texto;


- a última palavra do texto será, obrigatoriamente, “TERRA”.



Até ao dia 31 de MAIO, deves enviar o teu texto para o endereço eletrónico:

 

 beicastro@aecoimbraoeste.pt



Vais ver que és capaz! Participa! 

Desafia-te a ti próprio!

segunda-feira, maio 09, 2022

MARCHA DA LEITURA | COIMBRA | 2022

 


 Numa iniciativa da Biblioteca Municipal de Coimbra, promovida em articulação com a Rede de Bibliotecas Escolares, no passado dia 6 de maio, realizou-se, em Coimbra, uma «Marcha da Leitura».

Dezenas de alunos de diferentes escolas, de livro na mão, saíram à rua e gritaram palavras de ordem, reivindicando a importância do livro e da leitura, como se de uma verdadeira manifestação se tratasse.

Junto ao Edifício Chiado – Museu Municipal de Coimbra, a meio do percurso, teve lugar um momento especial, com leituras na voz de atores da Cooperativa Bonifrates e de alunos da EB 2. 3 de Inês de Castro que frequentam a Oficina de Leitura Expressiva.

Após algumas semanas de preparação, corajosamente e sem hesitações, os nossos doze magníficos disseram os extraordinários poemas “Os livros, de Eugénio de Andrade, e Ode ao livro, de Pablo Neruda, a que se seguiu um surpreendente momento performativo da Companhia Bonifrates, a partir do irónico “Manifesto antileitura, de José Fanha.


Foi bonita, a festa!




















MUITOS PARABÉNS, MENINOS!!!


sexta-feira, abril 22, 2022

Dia da Terra | «Que Lugar Senão Este?»


Fotografia de M. Wilson



Que lugar senão este


alguém nos ofereceu


como uma prenda de anos?


Que lugar senão este


um dia nos deixaram


com terra, mar e céu?


 


Que lugar senão este


havemos de oferecer


a quem de nós rasgar


o espanto do futuro?


Que lugar senão este


- não me podem dizer?



[....]



M. Alberta Menéres, in No coração do trevo







terça-feira, abril 19, 2022

«ASAS DE LEITURA»

 


«Decorreu no passado dia 8 de abril, na Escola Secundária D. Duarte, em Coimbra, uma cerimónia de entrega de 313 livros às 33 bibliotecas escolares das 11 escolas/ agrupamentos [seis agrupamentos e cinco escolas não agrupadas], deste concelho, integradas na rede de Bibliotecas Escolares.

Esta cerimónia representa um dos momentos de operacionalização da Carta de Intenção assinada pela Coordenadora Nacional do Programa Rede de Bibliotecas Escolares, pelo Vice-Reitor para a Cultura e a Ciência Aberta, e pelo Diretor da Imprensa da Universidade de Coimbra (UC) no início de março, em Alcobaça, da qual deriva o Programa de Disseminação Científica Asas de Leitura. Este programa, que implicará também a doação de 5000 livros, pela Universidade de Coimbra (UC) através da Imprensa da Universidade de Coimbra (IUA), às bibliotecas integradas na Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) tem como objetivo primacial fomentar os hábitos de leitura das crianças e jovens e o desenvolvimento da literacia científica.»

in Blogue RBE






terça-feira, março 29, 2022

BICHOS COMO NÓS...

 



A exposição MIGUEL TORGA – O ESCRITOR e a OBRA foi o “espaço pedagógico” que três docentes escolheram para as suas aulas com os alunos do 7.º A, 7.º B, 7.º C e 7.º D, os quais se encontram a estudar, na disciplina de Português, um conto da obra BICHOS, de MIGUEL TORGA.

Houve “visitas guiadas”, previamente preparadas por alguns alunos, apresentações orais de trabalhos sobre os contos “Nero”, “Mago”, “Tenório”, “Jesus”, “Cegarrega”, Ladino” e “ O Senhor Nicolau” da obra Bichos, bem como a resolução de guiões de observação da exposição.

Em suma, a exposição MIGUEL TORGA – O Escritor e a Obra resultou na partilha de um conjunto variado de materiais versáteis e facilitadores das aprendizagens dos alunos.

E não é exatamente para isso que se organiza uma exposição?


































Mago, óleo s/tela de ZAUG
O Senhor Nicolau, óleo s/ tela de ZAUG

Ladino, óleo s/tela de ZAUG

Jesus, óleo s/tela de ZAUG