Biblioteca Viva

sexta-feira, 24 de junho de 2011

REGRESSO A CASA

No dia 20 de Junho, a escola sede do Agrupamento preparou um conjunto de actividades para receber os alunos do 4.º ano de todas as escolas do 1.º Ciclo. As turmas que visitaram a Biblioteca tinham à sua espera a Inês Simões, a Patrícia Henriques e o Pedro Silva, três antigos alunos da nossa escola, que actualmente frequentam a Escola Secundária D. Duarte.
A expectativa era grande, o sucesso foi ainda maior!
«O Vampiro que Bebia Groselha», de Luísa Ducla Soares, foi a história que colheu a preferência da maioria dos ouvintes, que igualmente se deliciaram com a expressividade, o ritmo e a alegria com que foram contadas «Bolacha Maria», «Vida de Sabonete» e «Minha Rica Lã», de António Torrado.
Aqui ficam as generosas palavras que a Professora Irene Reis, de regresso à nossa escola, após quatro anos de ausência por baixa médica, quis dirigir-nos:
«Regressar é difícil, quando o fazemos por imposição e com enormes saudades do que fomos. Mas este momento de prazer fez-me sentir de novo “em casa”. A biblioteca, linda, no seu azul e verde feitos de paz, os livros coloridos, uma das minhas paixões, ouvir contar histórias com tanta expressividade, embelezou-me o coração. Aqueles “meninos crescidos”, que tão bem sabem contar histórias, tinham sido os meus meninos do 6.º ano que eu amava, talvez porque já adivinhasse que se tornariam brilhantes.
Por tudo o que estes momentos me dão, agradeço à pessoa especial que torna possível que o sonho ainda aconteça. Obrigada, Ana Isabel, por me fazeres ainda sorrir.»

Se quiseres ouvir uma das histórias, clica AQUI.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Mais uma «Porta Amiga» …

Apesar da grande azáfama de final de ano (testes finais de avaliação, trabalhos que se ultimam e muitas outras responsabilidades…), os nossos habituais frequentadores da Biblioteca encontraram disponibilidade e entusiasmo para receber alguns utilizadores da «Porta Amiga» da AMI de Coimbra, que, acompanhados do director técnico deste serviço, Dr. Paulo Pereira, quiseram abrir a porta da nossa Biblioteca e visitar-nos na manhã do dia 9 de Junho.

A partilha de experiências, histórias de vida e preferências de leitura aconteceu naturalmente, deixando em quem viveu esse momento único o desejo de multiplicar este tipo de encontros que a todos nós enriquece.