Biblioteca Viva

sábado, 29 de março de 2014

O PRÍNCIPE NABO VEIO À BIBLIOTECA!

Era uma vez uma princesa a quem nenhum príncipe agradava… Para ela, todos tinham defeito. E ela queria um príncipe perfeito…
 
Certo dia (no dia 17 de março, mais precisamente), pela mão dos magníficos atores do grupo AtrapalhArte, a princesa visitou a Biblioteca Inês de Castro e com ela trouxe um reino de surpresas, alegria e gargalhadas.
 
Não quiseram faltar ao encontro os alunos das turmas A, B e C do 5.º ano, que, preparadíssimos, compareceram trajados a rigor…


 
Ouvindo rumores de que uma bela e caprichosa princesa procurava príncipe, vieram os alunos do 1.º, 2.º, 3.º e 4.º anos da EB1 de Espírito Santo das Touregas, juntamente com as suas professoras, apurar os factos…
 
Os alunos e professores do 4.º ano da EB1 de Almas de Freire não quiseram ficar atrás e juntaram-se à festa.
 
E que grande festa!



 
No dia 20 de março, já era público: a caprichosa princesa ia casar!

Quem seria o príncipe consorte?

Vieram então à festa os alunos do 3.º e do 4.º ano da EB1 de S. Martinho.



 
Os nossos pequeninos de todos os Jardins de Infância do AECO souberam que a corte estava instalada na Biblioteca e que nela havia um rei que contava histórias.
 
A história do Tio Lobo, por exemplo…
 
Então, viajaram de longe para vir conhecer o rei e admirar a bela exposição dos trabalhos que elaboraram com as suas incansáveis educadoras.
 





 
Foi uma festa bonita, esta, em que todos deram o seu melhor para que tudo corresse bem.

MUITO OBRIGADA A TODOS!

 

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Foi um dia cheio de gargalhadas, sorrisos, alegria e muita diversão que, como por magia, surgiram na nossa biblioteca.
    Haverá melhor coisa no mundo do que um sorriso de uma criança?
    Eu vi muitos, neste dia fantástico e memorável e não foram só os das crianças.
    Neste sentido só tenho de agradecer e enaltecer a companhia de teatro ATRAPALHARTE por me terem proporcionado um belo dia cheio de sorrisos, o que para mim é sempre e será "naturalmente bom".

    ResponderEliminar